EJACULAÇÃO PRECOCE, EJACULAÇÃO PREMATURA, EJACULAÇÃO PRECOCE E RÁPIDA.

Introdução;
O que é ejaculação?
O que é ejaculação precoce?
Classificação da ejaculação precoce;
Por que o homem tem ejaculação precoce? O que causa a ejaculação precoce?
Tratamento da ejaculação precoce;
Causa psicanalítica;
Artigos selecionados de ejaculação precoce;


INTRODUÇÃO:
A ejaculação precoce, ejaculação prematura ou ejaculação rápida é a disfunção sexual masculina mais comum que existe. A ejaculação precoce tem uma incidência maior do que a disfunção erétil (impotência sexual masculina). Quase 60% das queixas sexuais dos homens são de ejaculação precoce. Quase 20% dos homens sexualmente ativos parecem sofrer de ejaculação precoce. Talvez essa percentagem só não seja maior porque os homens têm vergonha de procurar ajuda. Na ejaculação precoce existe a atividade sexual mas ela é insatisfatória tanto para os homens quanto para as mulheres. Para os homens que sofrem de ejaculação precoce, a relação sexual deixa de ser uma fonte de prazer e passa a ser motivo de medo, preocupação, angústia, ansiedade e constrangimento. Para as mulheres a relação sexual deixa de ser um ato de amor e passa a ser um ato sem amor, incompleto e frustrante, onde "só os homens tem o prazer", deixando-as com sensação de culpa por não serem capazes de amar ou serem amadas pelo seu parceiro.

Quando o homem é jovem e tem facilidade de conseguir uma segunda ou uma terceira ereção, ele nem se preocupa muito com a sua ejaculação precoce, pois sabe que depois de ejacular vai ter condições de continuar o ato sexual, compensando a "pequena falha" da primeira relação. Mas com o passar dos anos fica cada vez mais difícil manter a capacidade de ejacular duas ou três vezes na mesma relação; nesse ponto a primeira relação se torna a mais importante, devendo ser a relação perfeita. Quando o homem não consegue mais ter ereção de boa qualidade para garantir ao menos uma boa relação, ele procura um médico e um tratamento.

O que é ejaculação?
Durante a fase de excitação sexual, desde o inicio da ereção, passando pelas caricias e durante a penetração, ocorre a migração do esperma (que normalmente fica armazenado nas vesículas seminais) que se acumula na uretra bulbar, dentro da próstata. Com o aumento da excitação ocorre um acúmulo na quantidade de esperma com aumento da pressão dentro da uretra bulbar. Esse aumento de pressão é percebido pelo homem como uma sensação prazerosa que antecede o orgasmo. É nesse ponto que os homens se dividem entre os sexualmente maduros e os homens com ejaculação precoce, pois nesse ponto os homens sexualmente maduros conseguem diminuir o ritmo da relação e prolongar o ato sexual, enquanto que os portadores de ejaculação precoce interpretam essa sensação como uma ordem para ejacular imediatamente; no clímax do ato sexual do homem ocorre a ejaculação (expulsão do esperma pelo pênis) e o orgasmo (a sensação do gozo).

O que é ejaculação precoce?
A definição clássica de ejaculação precoce é: "a ejaculação persistente ou recorrente com um mínimo de estimulo sexual anterior, ou rapidamente após a penetração e antes que a pessoa deseje". Ejaculação precoce é aquela que acontece antes do momento desejado pelo homem ou pelo casal. A ejaculação precoce não deve ser baseada no tempo ou na quantidade de minutos que o homem levou para ejacular e sim na satisfação sexual. Não existe uma quantidade de tempo considerada "normal" para a relação sexual. Nenhum trabalho médico considera determinado número de minutos como "tempo normal". O tempo ou a quantidade de minutos é muito relativo, variando enormemente entre os homens. Existem aqueles que consideram 2, 3 ou 5 minutos um tempo ótimo e adequado e para satisfazer sexualmente tanto os homens quanto as mulheres. Por outro lado, é comum ouvir pacientes se queixando de ejaculação precoce porque demoram "apenas" 30 minutos para ejacular, desejando se tratar para curar a sua ejaculação precoce. Nos casos mais extremos, alguns homens podem ejacular logo nos primeiros movimentos de penetração vaginal, outros ao colocarem o preservativo já estão ejaculando. Mais do que 80% dos homens com ejaculação precoce relatam ser necessários apenas 7 movimentos, ou menos, de penetração para ejacularem. Nos casos mais graves, os homens podem ejacular até mesmo colocando o preservativo, tirando a roupa, dançando ou conversando no telefone com a parceira.

Os portadores de ejaculação precoce não experimentam uma sensação de orgasmo típico. Apesar de terem a emissão que preenche e aumenta a pressão da uretra bulbar, no momento da ejaculação as contrações expulsivas são mínimas ou ausentes; o esperma escorre pela uretra ao invés de sair em jatos, proporcionando uma ejaculação sem prazer e sem orgasmo para o homem.

Classificação da ejaculação precoce:
Quando o homem sempre teve ejaculação precoce desde o inicio da sua vida sexual, diz-se que a sua ejaculação precoce é primaria. Quando a ejaculação precoce só aparece depois de vários anos de vida sexual normal, diz que é a ejaculação precoce secundária. A ejaculação precoce é comum em homens jovens no inicio da sua vida sexual, quando ainda não atingiram a sua maturidade sexual. São os rapazes que tem a necessidade de pressa no ato sexual para não serem flagrados em "delito". Nos homens maduros a ejaculação precoce ocorre secundariamente a uma causa; a mais comum é o medo de perder a ereção (impotência sexual masculina) durante a relação sexual.

Por que o homem tem ejaculação precoce? O que causa a ejaculação precoce?
Em geral, todos os animais ejaculam muito rápido. Só os homens que necessitam de mais tempo para ejacular. Isso porque, para os animais, a ejaculação é um ato meramente reprodutivo. Para os homens, o ato sexual é fonte de prazer e por causa disso pode ser controlado para dar mais prazer. Quase todos os homens aprendem sozinhos a controlar o ritmo da penetração vaginal para ejacular no momento que for mais adequado; porém muitos homens têm dificuldade em determinar esse momento adequado, convivendo com a ejaculação precoce. A ejaculação precoce ocorre basicamente por uma falha no processo de amadurecimento sexual do homem (quando é primária) ou por um fator de stress e ansiedade (quando é secundária).

Outra causa muito comum de ejaculação precoce é a disfunção erétil (impotência sexual masculina). Os homens que perdem a ereção durante a penetração têm muito medo de acabar a relação sexual antes de ejacular. Por isso, quando eles percebem que a ereção vai durar pouco tempo, eles procuram ejacular mais rápido, antes que o pênis amoleça por completo. E isso se torna um ciclo vicioso, pois o medo de perder a ereção faz o homem ejacular mais depressa que por sua vez realimenta o medo de perder a ereção.

Até hoje não estão muito claras as causas orgânicas da ejaculação precoce. Muitos trabalhos falam em prostatites, outros falam das uretrites, da diabetes, de neuropatias, traumatismos; mas nada disso ainda foi comprovado como causa determinante da ejaculação precoce. Em todo o caso, prevalece a idéia de que mesmo as causas orgânicas vêm acompanhadas de alguma causa emocional associada.

Muitos centros médicos acreditam que a ejaculação precoce seja causada por um "aumento da sensibilidade do pênis", como se o pênis não devesse ser um órgão muito sensível. Esses centros médicos aparentemente medem a sensibilidade do pênis dos seus pacientes e sempre o resultado invariavelmente indica uma "grande sensibilidade do pênis" nesses homens. Os trabalhos médicos publicados sobre o tema indicam que os estudos tensinométricos não confirmam haver diferença de sensibilidade do pênis de homens com e sem ejaculação precoce. Mas mesmo assim essas clínicas adotam, erradamente, um tratamento visando a diminuir a sensibilidade peniana. Para isso adotam sprays orais, pomadas anestésicas, uso de preservativos, inibidores da fosfodiesterase-5 e até cirurgias de desnervação peniana.

Tratamento da ejaculação precoce
O tratamento da ejaculação precoce consiste em fazer o homem perceber e controlar as sensações que antecedem o orgasmo. Inúmeras técnicas são utilizadas, deixando sempre claro que a situação sexual foi concebida para ser extremamente prazerosa. Manobras que visam tirar o prazer não são terapêuticas e não devem ser usadas.

Classicamente o tratamento da ejaculação precoce são os diversos tipos de psicoterapia e o uso de medicamentos via oral, como antidepressivos das mais diversas classes, principalmente os tricíclicos (mais eficazes e com mais efeitos colaterais) e os inibidores da receptação de serotonina (fluoxetina, paroxetina, sertralina). As doses são ajustadas de acordo com a melhora da ejaculação precoce e os efeitos colaterais. Modernamente têm sido usados antidepressivos que são ingeridos momentos antes da relação sexual, de acordo com a demanda, com resultados que variam muito entre os pacientes.

Não adotamos a medicação antidepressiva como primeira linha no tratamento da ejaculação precoce. Os antidepressivos demoram alguns dias para fazer efeito, devem ser tomados todos os dias e sempre vêm acompanhados de efeitos colaterais bastante desagradáveis como sonolência, boca seca, diarréia e perda importante da libido. Além disso, depois de poucas semanas os pacientes ficam resistentes retornando as queixas de ejaculação precoce, obrigando-os a procurar outro médico. Os trabalhos mais recentes de ejaculação precoce falam do grande avanço dos modernos antidepressivos inibidores da recaptação de serotonina, capazes de melhorar em até 300% o tempo da ejaculação nos portadores de ejaculação precoce. Na prática esses 300% de melhora significam que um homem que antes ejaculava em 30 segundos passou a ejacular em 1,30 minuto e outro que ejaculava em 90 segundos passou a ejacular em "fantásticos" 3,30 minutos. Será que essa "grande melhora" é suficiente para satisfazer o homem? Satisfaz a mulher? Resolve o problema do casal?

Em nossa clinica tratamos a ejaculação precoce com a terapia combinada médico-psicologica. Depois da consulta medica o paciente é encaminhado para o nosso psicólogo que geralmente faz as entrevistas junto com a parceira do paciente. O tratamento da ejaculação precoce consiste em dar ao paciente a certeza de que ele vai poder manter o seu pênis ereto, em condições de fazer a penetração vaginal, por pelo menos uma hora, permitindo que tenha um, dois ou até três orgasmos seguidos. Quando o paciente se vê livre do constrangimento e em condições de continuar a penetração, a sua ansiedade diminui instantaneamente e é logo substituída pelo prazer da relação sexual. Dessa forma o paciente se vê mantendo relação sexual por um longo período, sem se preocupar mais com a ejaculação precoce, fato inédito para a grande parcela desses pacientes.

CAUSAS PSICANALÍTICAS
Segundo a teoria psicanalítica, os ejaculadores precoces seriam os homens que escondem sentimentos sadistas inconscientes em relação às mulheres. De acordo com essa teoria, o propósito do ejaculador precoce seria perturbar a felicidade da mulher, privando-a de prazer. O tratamento baseado nesta hipótese procuraria revelar e resolver conflitos edipianos inconscientes do paciente, na expectativa de que, obtido este resultado, o pensamento sadista com relação à mulher cessaria e automaticamente o funcionamento sexual se tornaria perfeito.

Apesar das inúmeras contribuições da Psicanálise, o que observamos é que o tratamento da ejaculação precoce através desta técnica apresenta pouco sucesso. Atualmente, nenhum estudo sistemático sobre a funcionalidade da técnica foi publicado. Nos tratamentos que obtiveram êxito, os sintomas do paciente só foram melhorados depois de anos,e, mesmo assim, não se pode afirmar categoriamente que tenha sido em função da técnica utilizada.

ARTIGOS SELECIONADOS SOBRE EJACULAÇÃO PRECOCE:
Estudo completo sobre ejaculação precoce (em inglês).
http://www.issm.info/v4/data/edbook2004/chapter.13.pdf

Estudo liga ejaculação precoce a problema genético.
http://centromasculin.blogspot.com/2008/10/estudo-liga-ejaculao-precoce-problema.html

25 perguntas sobre ejaculação precoce que você tem vergonha de fazer.
http://centromasculin.blogspot.com/2008/05/25-perguntas-sobre-ejaculao-precoce-que.html

Níveis de testosterona estão associados a problemas de ejaculação precoce.
http://centromasculin.blogspot.com/2008/04/nveis-de-testosterona-esto-associados_19.html

Persistent sexual dysfunction after discontinuation of selective serotonin reuptake inhibitors.
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18173768



AVENIDA NOSSA SENHORA DE COPACABANA, 680/402
(entre as Ruas Santa Clara e Figueiredo de Magalhães, próximo a estação Siqueira Campos do metrô)
Tel:(21) 2255-1523 /2547-2478
COPACABANA RIO DE JANEIRO RJ
E-mail: masculin@masculin.com.br